Política

IGAE intensifica fiscalização para afastar gestores corruptos

A Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE), no processo da Desconcentração e Descentralização Administrativa, vai intensificar as acções de fiscalização aos órgãos locais para afastar gestores corruptos. A medida consta das recomendações do Conselho Consultivo da instituição, que terminou ontem no Sumbe, província do Cuanza-Sul.

19/01/2022  Última atualização 09H09
Inspector-geral do IGAE Sebastião Gunza esteve no Sumbe © Fotografia por: DR
No I Conselho Consultivo Ordinário, que iniciou na segunda-feira, foram debatidos e analisados o Relatório Anual de actividades; Plano de Inspecções de 2022; Programas de Acção; orçamento de 2022; implicações da desconcentração financeira através da institucionalização das, entre outros temas.
Outros instrumentos de reforço técnico da capacidade organizacional e operacional da IGAE também foram analisados. O evento insere-se nas actividades alusivas ao 30° Aniversário da instituição, sob o lema: "Consolidação do Sistema Nacional de Controlo Interno do Sector Administrativo e Empresarial Público".
A sessão de abertura das comemorações, realizada no Instituto Nacional de Petróleos, foi presidida pelo inspector-geral da Administração do Estado, Sebastião Gunza, e contou com presença do governador provincial, Job Capapinha.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política