Desporto

Huíla: Dirigente quer quadras nos bairros da cidade

O presidente da Associação Provincial de Basquetebol da Huíla (APBH) defendeu, recentemente, a necessidade da construção de mais infra-estruturas desportivas nos diversos bairros periféricos da cidade do Lubango, para massificar a modalidade e captar novos talentos.

20/06/2020  Última atualização 15H46
DR


Henriques Albano disse que a falta de incentivos e de infra-estruturas desportivas nas escolas, bairros e municípios contribuem negativamente no desenvolvimento do basquetebol na província. “Dizer que tem de existir mais incentivos, porque notamos que a modalidade está a morrer por falta de infra-estruturas para a prática nos diversos bairros periféricos da cidade”, apontou.

A nível da província da Huíla, explicou Henriques Albano, existe no centro da cidade os pavilhões do Sport Lubango e Benfica, do Sporting Clube do Lubango (com dimensões impróprias para jogos oficiais) e o Multiuso da Nossa Senhora do Monte, localizado no Complexo Desportivo com o mesmo nome, construído para acolher jogos do Afrobasket'2007.

Reconheceu que o pavilhão multiuso da Nossa Senhora do Monte é sobrecarregado, não só pelas modalidades de sala, também com todas actividades extra-desportivas, sobretudo religiosas e políticas. “O governo da província tem de reflectir nas infra-estruturas desportivas de competição. E aqui felicitar a direcção do Sport Lubango e Benfica, a quem muitas vezes recorremos pavilhão para a realização de campeonatos provinciais e nacionais”, realçou.

Henriques Albano revelou que a modalidade da “bola ao cesto” na província está mergulhada em inúmeras dificuldades. “Nós temos muito pouco para dar em termos de apoio. E quando temos um elenco que, de facto, está permanentemente nas provas provinciais, isto é de enaltecer, frisou, acrescentando que é preciso apostar no desporto comunitário onde existe muitos jovens com valores.

O responsável destacou que as direcções do Sport Lubango e Benfica, Clube Desportivo da Huíla e a Heja Sport Clube não deixaram de ter o basquetebol. Mesmo com muitas dificuldades conseguiram participar nos campeonatos provinciais e nacionais nos escalões de formação.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto