Regiões

Hospital sanatório de Sacavula ganha ala para tratamento de crianças

Victorino Matias | Dundo

Jornalista

O Hospital Sanatório de Sacavula, no Dundo (Lunda-Norte) ganhou, esta quinta-feira (11), uma ala para o internamento e tratamento de crianças com tuberculose e outras doenças infecto-contagiosas, no âmbito das comemorações do 46º aniversário da Independência.

11/11/2021  Última atualização 23H53
© Fotografia por: Benjamin Cândido

O Hospital Sanatório de Sacavula, no Dundo (Lunda-Norte) ganhou, esta quinta-feira (11), uma ala para internamento e tratamento de crianças com tuberculose e outras doenças infecto-contagiosas.

A unidade sanitária, inaugurada pelo governador da província da Lunda-Norte, Ernesto Muangala, dispõe de uma capacidade de internamento para 45 camas, oito enfermarias, um consultório médico, igual número de sala de espera e sala de observação. 

A unidade sanitária, inaugurada no âmbito das comemorações do 46º aniversário da Independência foi construída com recursos da linha de financiamento do Eurobonds, num prazo de execução de 12 meses.

Ernesto Muangala afirmou que as autoridades locais vão continuar a trabalhar para a preservação do legado dos heróis nacionais, através da construção de infra-estruturas de impacto social. 

Segundo o governador, o Hospital Sanatório de Sacavula estava apenas reservado para prestar assistência aos pacientes adultos que, até certo ponto, coabitavam com crianças que perecem de tuberculose.

"Iniciamos com as inaugurações deste e de outros vários empreendimentos sociais que, estão enquadrados nas comemorações dos 46 anos da nossa Independência Nacional", declarou.

Por seu turno, o director-geral do Hospital Sanatório de  Sacavula, André Dicidi,  assegurou que  com o reforço de mais 45 camas, a unidade sanitária eleva  a sua capacidade de  internamento para 165, contra as anterior  120.  da cifra  anterior.

André Dicidi sublinhou a necessidade de se reforçar o quadro de recursos humanos, incluindo financeiros para o melhor funcionamento daquela unidade hospitalar.

O director do hospital fez saber, também, que de Janeiro a Outubro do corrente ano, foram atendidos 5.253 pacientes nas consultas externas que resultaram em 832 internamentos e 56 óbitos. 

 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões