Sociedade

Hospital do Sumbe recebe novos meios

O Secretário de Estado para a Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio, procedeu, ontem, à entrega de um lote de medicamentos e equipamentos hospitalares ao Centro de Saúde do Chingo, município do Sumbe, Cuanza Sul, para responder aos danos causados pelo incêndio ocorrido na segunda-feira.

27/01/2021  Última atualização 10H05
© Fotografia por: DR
O lote, constituído por 3,7 toneladas de medicamentos e equipamentos, compreende 30 camas e respectivos colchões, 60 lençóis,  material de biossegurança e outros. O incêndio, causado por curto-circuito, deixou a área de consultório e observação em chamas, cuja contenção se deveu à pronta intervenção do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros.O fogo, além de atingir parte da cobertura da infra-estrutura hospitalar, danificou trinta camas, equipamentos de esterilização, medicamentos e outros meios.

Após a entrega formal dos medicamentos e equipamentos à vice-governadora para o Sector Político, Social e Económico, Emília Tchinawalile, o secretário de Estado para a Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio, adiantou que a entrega dos meios faz parte da resposta do Ministério da Saúde, tendo em conta a dimensão do Centro de Saúde do Chingo.

"Viemos dar resposta aos danos causados pelo incêndio, pelo facto de o Centro Médico do Chingo atender grande parte da população do município sede da província”, disse, adiantando que os serviços de rabilitação devem ocorrer num curto espaço de tempo, para normalizar o atendimento às populações.Aproveitou a ocasião para pedir a instalação de equipamentos de extinção de incêndios nos hospitais para que, no futuro, sejam acauteladas situações do género.A directora do Centro do Chingo, Maria Lussinga, disse que na altura do incêndio, que ocorreu por volta das 11  horas, estavam quatro pacientes em observação médica, mas felizmente não houve danos humanos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade