Sociedade

Hoje é o Dia Nacional do Idoso

Edna Mussalo

Jornalista

A Associação de Amizade e Solidariedade para com a 3ª Idade (AASTI) defende que as políticas públicas e sociais sejam mais actuantes e se reflictam de forma positiva na vida da pessoa idosa.

30/11/2021  Última atualização 08H33
Estão controlados 624.000 idosos (2,4% da população do país) © Fotografia por: Maria Augusta|Edições Novembro
Segundo a presidente da AASTI, Emília de Almeida, as políticas de protecção à pessoa na terceira idade devem sair do papel e reflectir-se de forma eficaz na vida do idoso. 


Para a responsável da AASTI, a exemplo de outros países de África, como Cabo Verde, África do Sul e Moçambique, o Estado deve trabalhar para que a pessoa na terceira idade possa beneficiar de créditos bancários, redução do preço de alguns medicamentos, subsídios de velhice, bem como acesso a bens e serviços.


Emília de Almeida, que falava durante um encontro alusivo ao Dia Nacional do Idoso, que se assinala hoje, salientou ser necessário e urgente um olhar sobre o idoso de forma a lhe ser conferido maior respeito e dignidade, tendo em conta que muito fizeram pelo desenvolvimento do país.


A representante do Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher para a direcção das Políticas Familiares, Igualdade e Equidade de Género, Tatiana de Morais, referiu que a instituição, com base nas políticas públicas e sociais de inclusão, tem trabalhado em projectos e acções que visam melhorar a vida da pessoa idosa na sociedade.


 Tatiana de Morais disse que relativamente aos idosos em situação de vulnerabilidade o ministério apoiou 39.013,  dos quais 38.165 em comunidades e 848 em 18 lares de assistência à pessoa idosa. Acrescentou que as províncias com maior concentração de idosos em lares são as do Moxico, Huambo e Benguela. Avançou que, segundo o último censo populacional, realizado em 2014, existem 624.000 idosos, o que representa 2,4 por cento da população no país.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade