Cultura

Grupos carnavalescos desfilaram fora de época

Mário Cohen

Jornalista

Os ritmos do Carnaval voltaram a ser sentidos, no sábado, pelas ruas de Luanda, num desfile “fora de época”, mesmo com a chuva que caiu sobre a capital do país.

28/11/2022  Última atualização 10H36
Grupos carnavalescos desfilaram fora de época © Fotografia por: Paulo Mulaza| Edições de Novembro

Num ambiente incomum, quer pela época, quer pelo tipo de pista, os grupos convidados procuraram fazer uma festa animada, na Avenida Deolinda Rodrigues, para assinalar o centenário do Fundador da Nação, Agostinho Neto.

O desfile, assistido pelo governador de Luanda, Manuel Homem, serviu de antecâmara para os grupos mostrarem como estão preparados para o assalto ao Carnaval do próximo ano, depois dos vários entraves causados pela pandemia da Covid-19.

Entre os convidados para esta edição especial estavam grupos infantis como os Cassules dos Jovens da Cacimba, que representou o semba, e do 10 de Dezembro.

Enquadrado também no programa de actividades da III edição do Festival Nacional de Cultural, o desfile ficou marcado pela ausência do União Mundo da Ilha.

Apesar da ausência do grupo com mais títulos no carnaval, a festa esteve bastante animada, com o semba a ser o género predominante entre os adultos. Nesta classe, desfilaram os grupos União Twabixila, Giza, Sagrada Esperança, Etu Mudietu, Jovens da Cacimba, 10 de Dezembro, Kiela, Amazonas do Prenda, 54, Recreativo do Kilamba e Njinga Mbandi.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura