Cultura

Grupo Vita Nkanda vence festival no Uíge

Valter gomes| Uíge

O grupo de Dança Vita Nkanda, do município da Damba, venceu sábado o Festival Provincial de Cultura no Uíge, ao apresentar a dança tradicional Dibondo.

19/04/2022  Última atualização 10H55
Grupo de dança Vita Nkanda convenceu o júri na antecâmara do I Festival Expo-Cultura no Uíge © Fotografia por: Mavitidi Mulaza | Edições Novembro | Uíge

O Vita Nkanda convenceu o júri ao apresentar uma coreografia na qual destacou aspectos positivos da cultura, como a indumentária, expressão corporal, mensagem transmitida na dança e sincronização dos movimentos. Ndinga Mbote Vita nkanda, responsável do grupo, disse que o mesmo  existe há mais de 30 anos e tem trabalhado na preservação dos valores culturais da região. Esclareceu que Dibondo é uma dança tradicional que era demonstrada pelos antepassados no município da Damba.

"A dança surgiu nos meandros das pequenas comunidades com origem Bakongo e era apresentada nas cerimónias de festa e rituais, bem como na recepção de visitas para que nada de mal pudesse acontecer. De lá para cá nós temos dado a continuidade porque consideramos ser uma riqueza cultural com mensagens positivas”, disse.

No festival foram, igualmente, distinguidos outros fazedores de cultura de vários municípios da província, nas categorias de escultura e pintura. Os vencedores receberam menções honrosas e um valor de 30 mil kwanzas.

O presidente do Júri, Mayangui Pedro, disse que a distinção dos municípios baseou-se na avaliação das seis categorias, nomeadamente Dança, Música, Poesia, Artesanato, Pintura e Escultura. Na Dança, disse, o júri prestou maior atenção na indumentária, expressão corporal, mensagem transmitida, sincronização dos movimentos e coreografia. Na música, foram avaliados, entre outros aspectos, a postura do músico em palco, composição, sonoplastia e  coordenação e timbre vocal.

Nas artes plásticas foi avaliada a pintura, combinação de cores, retrato e mensagem, enquanto na poesia cingiu-se na extensão da poesia, postura do poeta em palco, linguagem, voz e gestos.


Expo – Cultura

O Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos no Uíge agendou para o próximo mês de Junho, a realização da primeira edição do Festival Provincial Expo - Cultura, para mostrar todo potencial cultural que a província dispõe, desde a dança, música, poesia, artesanato, pintura, escultura e outras manifestações região.

Com antecâmara do certame, foi realizado sábado, o Festival Provincial de Cultura que juntou criadores dos vários municípios da província do Uíge.

O director do Gabinete Provincial da Cultura, Manuel Domingos, disse que o evento vai durar sete dias e tem como objectivo juntar todos artistas num único espaço.  Os fazedores da arte vão mostrar todo seu potencial, numa altura em que o Gabinete Provincial da Cultura está em fase de recuperação de várias peças museológicas e figuras históricas para enriquecer a biblioteca do museu etnográfico do Uíge. "A nossa província é um mosaico cultural muito grande e rico, queremos com este festival adquirir várias peças museológicas, incentivar a classe artísticas a aumentar os níveis de produção das peças, valorizar as origens e elevar cada vez mais o bom nome da cultura Uigense”, disse.



Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura