Economia

Grupo marroquino promete instalar fábrica de medicamentos em Angola

A Sothema, grupo empresarial marroquino que actua no sector farmacêutico tem interesse em instalar uma fábrica de medicamentos em Angola nos próximos meses, após uma visita nesta sexta-feira às instalações da Zona Económica Especial Luanda-Bengo (ZEE).

07/05/2022  Última atualização 11H01
© Fotografia por: DR

Em Marrocos, o grupo produz uma vasta gama de produtos de medicamentos que respondem às necessidades de especialidades como oncologia, gastrenterologia ginecologia, urologia, reumatologia, entre outras, segundo um comunicado de imprensa da ZEE enviado ao Jornal de Angola. 

Para o administrador executivo do grupo Sothema, Mohamed Tazi, citado no mesmo comunicado, o maior interesse da sua organização é expandir a sua produção para a África Austral e "promete instalar a primeira unidade fabril em Angola, nos próximos meses , após negociações com  a Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX).

Na ZEE, os empresários marroquinos visitaram também a fábrica Medvida, uma unidade de que fabrica e exporta material hospitalar, nomeadamente ligaduras e gases, e concluíram, a visita no Guiché de Apoio ao Investidor (GAI), onde foram recebidos pelo membros do Conselho de Administração da ZEE. 

Na ocasião, o PCA da AIPEX, António Henriques da Silva, apresentou os benefícios e incetivos desta zona, bem como as reformas implementadas pelo Executivo angolano nos últimos quatro anos, visando criar melhores condições para os investidores nacionais e estrangeiros.

Na ZEE estão instaladas cerca de 130 unidades empresariais em diversos sectores com destaque para Industria, Comércio, Logística prestação de serviços que garantem empregos a mais de sete mil trabalhadores. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia