Cultura

Grupo Horizonte encena drama de desempregado

Roque Silva

Jornalista

A companhia de teatro Horizonte Njinga Mbande exibe, sexta-feira(10), às 20h00, no auditório da escola Njinga Mbande, em Luanda, a peça “O prato do cão”, que aborda situações vividas por um chefe de família desempregado.

09/06/2022  Última atualização 10H50
© Fotografia por: DR

Do género comédia, o espectáculo, que é igualmente exibido no sábado e no domingo, em duas sessões, às 19h00 e às 21h15, é um retrato de questões relacionadas com as dificuldades enfrentadas e que estão sujeitas as pessoas sem emprego e com condição financeira débil.

Com um elenco integrado por David Enoque, José Galiano e Jeremias Caracol, o espectáculo dramático gira em torno de Quinito, um homem desrespeitado e desprezado pela esposa, que o atormenta todos os dias, por não ter emprego, e consequentemente sem condições financeiras para sustentar a família. "Ele não consegue encarar a esposa, que o atormenta todos os dias, e consequentemente a vizinhança, os amigos por não ter comportamento digno de chefe de família”, disse, ontem, ao Jornal de Angola o director da companhia.

Adelino Caracol referiu que após intensas batalhas, Quinito consegue emprego como segurança numa residência, passa a ser respeitado, mas tem que disputar as regalias com quem nunca imaginou…  o cachorro do patrão.

No novo emprego, a personagem principal recebe recomendações do patrão para que a sua alimentação não seja melhor que a do animal de estimação da residência onde trabalha.

Criado a 8 de Outubro de 1986, o Horizonte Njinga Mbande é vencedor do prémio Nacional de Cultura e Artes, na categoria do Teatro, em 2007.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura