Cultura

Grupo Coral Lenvu vence festival gospel

Valter gomes| Uíge

O grupo Coral Lenvu, da Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA), na província do Uíge, venceu a primeira edição do Festival Provincial de Coros, na qual participaram 22 grupos corais de distintas congregações religiosas.

01/06/2022  Última atualização 13H55
Companhia apresenta no fim-de-semana dois espectáculos de teatro dedicados à criança © Fotografia por: Valter Gomes | edições novembro | Uíge

O grupo coral interpretou o hino, em língua kikongo, intitulado "Tata Nzambi Sakumuna tchetu ya Angola”, que em português significa "Deus ajuda e abençoe a nossa terra Angola”. O hino transmite mensagens que visam rogar à Deus para que derrame bênção, paz, saúde e bem-estar aos angolanos.

O grupo vencedor recebeu como prémio o valor de 200 mil kwanzas e um certificado de mérito.

O presidente do Coral Lenvu, Fernando Ndombaxi, enalteceu a distinção e afirmou ser fruto do trabalho árduo que o grupo tem vindo a desenvolver na expansão do evangelho nas comunidades, bem como na pacificação dos espíritos. "Louvamos a confiança que o júri depositaram em nós. O prémio vai dar mais força na organização do trabalho, por isso, expressamos de viva voz, o nosso muito obrigado”, disse Fernando Ndombaxi, em nome do grupo.

O grupo coral Lenvu foi fundado em 1976, na paróquia "a Vitória da Fé”, no bairro Mbemba Ngango, na cidade do Uíge.

Actualmente, é composto por 54 membros dedicados à vida espiritual e aos ensinamentos de Cristo, plasmados nos princípios do amor ao próximo, perdão e solidariedade. 

O segundo lugar foi ocupado pelo coro da Escola Bíblica Dominical da IEBA, que recebeu como prémio a quantia de 170 mil kwanzas. O grupo é composto por 140 membros e foi fundado em 1975, com o objectivo de levar o evangelho até às zonas recônditas.

O responsável do coro da Escola Bíblica Dominical, Santos Makuenda, disse que o grupo apresentou a música intitulada "Sou Angola”, na qual  é  transmitida de mensagens do desejo de viver em paz e amor ao próximo.

Santos Makuenda disse que a conquista do segundo lugar no festival, incentiva-os a gravar, nos próximos dias, o seu primeiro disco, bem com a realização de um concerto musical gospel. "As condições para o efeito estão a ser criadas”, garantir.

O terceiro classificado, o grupo "Santa Cruz” da Igreja Anglicana recebeu como prémio o valor de 150 mil kwanzas, enquanto os grupos "União de Jovens em Cristo” e "CEDOK” da IERA tiveram direito a 62.500 kwanzas.

Promovido pelo Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos do Uíge,  a primeira edição do Festival Provincial de Coros, realizada no domingo, na cidade do Bago Vermelho, foi testemunhada pelo governador  do Uíge, José Carvalho da Rocha, que na ocasião destacou o papel evangélico da igreja na educação cívica e moral da sociedade, visando a construção de uma Angola melhor.

José Carvalho da Rocha garantiu o compromisso do Governo do Uíge em continuar a trabalhar em estreita colaboração com a Igreja, como parceiro na resolução de várias questões sociais, ligadas a melhoria das condições de vida da população.

O director do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto do Uíge, Manuel Domingos, disse que o festival teve como objectivo valorizar o trabalho que os grupos corais têm vindo a desenvolver e dar mais incentivo a música gospel, que segundo ele "ocupar um lugar cimeiro na pacificação dos espíritos e no consolo dos problemas que no dia-a-dia afligem a população”.

Manuel Domingos garantiu terem sido seleccionados 16 grupos corais participantes no festival para fazerem parte da gravação da primeira colectânea discográfica de coros da província do Uíge, a ser lançada em breve.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura