Sociedade

Greve dos pilotos da TAAG já decorre no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro

JA Online

A greve dos Sindicato dos Pilotos de Linha Aérea (SPLA) decorre, esta sexta-feira, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda. A paralisação com início esta sexta-feira, 7, terá a duração de dez dias.

07/10/2022  Última atualização 09H43
© Fotografia por: CEDIDA

Em comunicado enviado hoje ao Jornal de Angola Online, o Sindicato dos Pilotos de Linha Aérea refere que apresentou no dia 20 de Julho de 2022 à Administração da TAAG, um Caderno Reivindicativo, com alguma matéria negociável, "onde estavam reflectidos os pontos que já haviam sido alvo de prévio acordo, mas que inexplicavelmente nunca foram concretizados”.

"Após a apresentação do mesmo, a TAAG não respondeu dentro do prazo legalmente instituído para o efeito, demonstrando um completo desrespeito e desconsideração para com o SPLA e toda a classe de pilotos”, dizem os pilotos.

 

De acordo com o sindicato, as contrapropostas quando surgiram, foram consideradas irrisórias e ofensivas, por demonstrarem o pouco valor que nos atribuem como pilotos e imbuídas de má fé.

 

"Não obstante a constatação destes factos, o diálogo prosseguiu com a Administração da TAAG e continuará aberto na expectativa de uma resposta que vá ao encontro da dignidade que nos é devida”, lê-se no comunicado

 

Segundo o documento, o SPLA manteve sempre uma postura séria, responsável e consequente durante as negociações que "fomos mantendo com a TAAG ao longo de todo este tempo, principalmente nos últimos dias 3 a 6 do corrente mês, donde pudemos constatar que devido à proximidade da data de início da greve, se produziram verdadeiras maratonas negociais, infelizmente sem o sucesso que se pretendia alcançar”.

 

O nosso princípio e compromisso, sublinha o sindicato, será "mantermos a mesma postura dialogante que nos caracteriza, em busca dos legítimos e justos objectivos de valorização da classe, com unidade, força e mobilização dos pilotos, com uma taxa de adesão a rondar os 100%”.

 

"Em suma, em defesa dos legítimos interesses dos Pilotos, e depois de tudo que foi acima elencado, comunica-se ao público em geral que foram oficialmente encerradas as negociações com a TAAG no dia 7 de Setembro do corrente ano, e os Associados em Assembleias realizadas a 13,14, 19, 27 e 28 de Setembro de 2022 deliberaram a entrada em greve a partir do dia 07 de Outubro de 2022, das 00:01 até o dia 16 de Outubro de 2022 às 23:59”, conclui o comunicado.


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade