Economia

Greve da TAP abrange países lusófonos e comunidades portuguesas

JA Online

Os serviços mínimos para a greve dos tripulantes de cabine da TAP, marcada para quinta e sexta-feira, abrangem as regiões autónomas, os países lusófonos e zonas com emigrantes portugueses, segundo um acórdão hoje publicado.

06/12/2022  Última atualização 01H10
© Fotografia por: DR | Arquivo

Assim, de acordo com o documento, publicado no ‘site’ do Conselho Económico e Social, o Tribunal Arbitral decidiu que terão de ser assegurados três voos diários e ida e volta para os Açores, "sendo dois para Ponta Delgada e um para a Terceira” e "dois voos diários de ida e volta para a Região Autónoma da Madeira”.

No que diz respeito à restante operação, o acórdão, citado pela Lusa, definiu um voo de ida e volta em cada um dos dias da greve para: Angola, Brasil (São Paulo), França, Bélgica, Luxemburgo, Reino Unido, Alemanha e Suíça.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia