Política

Grã Cruz para João Lourenço

Um dos momentos mais significantes da visita presidencial a Conacri é a condecoração do Chefe de Estado angolano com a Grã Cruz da Ordem Nacional da República da Guiné, em cerimónia a realizar esta tarde.

30/07/2021  Última atualização 08H20
Uma vista da capital da República da Guiné Conacri © Fotografia por: Santos Pedro| Edições Novembro | Conacri
 Este distintivo já tinha sido atribuído a Agostinho Neto, a 1 de Fevereiro de 1973, em plena fase de Luta de  Libertação Nacional, "como testemunho da colaboração à causa do progresso histórico de África e da sua devoção ao combate pela libertação do povo angolano”.

A Ordem Nacional da República da Guiné foi criada por Decreto exarado pelo  então Presidente Ahmed Sékou Touré, após a independência do país, em 1958.

O distintivo nacional é uma cruz de braços iguais, de pontas esmaltadas a vermelho, com esplendor, tendo ao centro uma grande medalha com um elefante contido em coroa circular de esmalte verde com a inscrição em letras maiúsculas ‘REPUBLIQUE DE GUINNE’. No verso, ao centro, rodeado de uma coroa de louros, outra inscrição, também em letras garrafais  ‘ODRE NACIONAL’.

As insígnias da Grã Cruz compreendem uma banda em mármore com duas listas, amarela e verde, que delimitam a largura. O distintivo, encadeado por uma coroa de louros esmaltada a verde, está pendente num laço.  A placa é semelhante ao distintivo da Ordem.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política