Sociedade

Governo prestou assistência a mais de cinco mil idoso

Edna Mussalo

Jornalista

Ao todo, 5.471 idosos foram assistidos, durante o ano passado, pelos serviços de Protecção Social nas comunidades a nível do país, informou, quarta-feira(15), em Luanda, a secretária de Estado da Acção Social, Família e Promoção da Mulher.

16/06/2022  Última atualização 09H55
© Fotografia por: DR

Elsa Bárber, que falava numa videoconferência subordinada ao tema "Desafios e visão contemporânea sobre o envelhecimento em Angola”, destacou que das acções foram, também, assistidos 852 idosos em lares de acolhimento.

De acordo com a responsável, o ano de 2020 foi tido como o mais crítico, devido aos males causados pela pandemia da Covid-19. Naquele ano, 25.556 idosos tinham sido assistidos nas comunidades, sendo que as províncias de Benguela e Moxico foram as que tiveram a maior concentração de pessoas da terceira idade. A secretária de Estado avançou que a protecção social do idoso se consubstanciou na execução do Programa de Valorização da Família e Reforço das suas Competências, que tem trabalhado na prevenção do risco, sensibilização à não discriminação e inclusão da pessoa idosa no seio da familiar e da comunidade.

Elsa Barber realçou que a pessoa idosa ainda tem sido vítima de várias atrocidades por parte de membros da família, inclusive filhos e netos, com o intuito de apoderarem-se de seus bens, sendo que muitos são abandonados nas ruas, lares ou sofrendo violência física, económica e psicológica, com realce para a acusação de feitiçaria.

A responsável referiu que parar os abusos verbais, emocionais, financeiros e promover o bem-estar do idoso estão entre os desafios do Executivo, tendo, por isso, na implementação do Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) elaborado as políticas, programas e projectos de apoio e protecção dos grupos vulneráveis, com especial atenção à pessoa idosa.

Elsa Bárber apelou à continuação da conjugação de esforços de toda a sociedade, para que essas "iniciativas louváveis” possam garantir o bem-estar do idoso nas famílias e comunidades.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade