Regiões

Governo entrega terrenos para construção dirigida

André Brandão | Ndalatando

Mais de 60 famílias residentes na sede municipal do Lucala, na província do Cuanza-Norte, receberam, quarta-feira, lotes de terreno para a construção dirigida de moradias, no âmbito dos projectos de expansão da circunscrição.

28/10/2022  Última atualização 07H35
Administração Municipal preparou um espaço de dez hectares © Fotografia por: DR

A zona loteada está localizada no bairro Terra Nova, a três quilómetros da sede municipal.

O projecto prevê beneficiar cerca de 200 agregados familiares, com parcelas de 20 metros de comprimento e 15 de largura.

A administradora municipal de Lucala, Maria Mafuta, explicou que a zona preparada é de aproximadamente dez hectares, estando prevista a instalação de sistemas de abastecimento de água, de fornecimento de energia, abertura de lojas e similares, além escolas e postos de saúde.

O director do Gabinete Municipal de Infra-estruturas, António Facha, adiantou que os contemplados devem cumprir com os requisitos exigidos, principalmente no que diz respeito à criação de uma planta residencial, assim como tratar o respectivo croquis de localização.

O técnico assegurou que o processo vai continuar, uma vez que o número de munícipes que remeteram as suas solicitações à Administração Municipal é superior aos contemplados.

Ana Fernando, uma das contempladas, afirmou que a recepção do espaço é oportunidade única para a construção da casa própria, um dos seus principais anseios, enquanto mãe e esposa.

Júlio Julião, outro beneficiário do projecto, também não escondeu a sua satisfação, tendo louvado a iniciativa da Administração Municipal, que, em sua opinião, vai diminuir a necessidade de aquisição de terrenos, para a construção de residências. "Dessa forma, conseguimos dar um passo na vida”, rematou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões