Sociedade

Governadora de Luanda radiografa obras

A governadora Joana Lina, visitou, ontem, algumas obras em curso no município de Luanda, concretamente nos distritos urbanos da Ingombota, Samba, Maianga, Neves Bendinha, Rangel, Sambizanga e Ngola Kiluanje, actividades que levou a ocupar o dia todo.

25/06/2020  Última atualização 13H53
Edições Novembro © Fotografia por: Governadora Joana Lina

O estado da via Kima Kienda, conhecida como rua dos Camiões, na zona da Boa Vista, a pedonal que carece de elevação, Centro de Apoio à Pesca Artesanal, são os locais afectos ao Distrito Urbano do Sambizanga radiografados pela governadora provincial de Luanda.

As instalações da Administração do Distrito Urbano da Samba e o Centro Médico da localidade, vala e bacia da zona, residências em perigo no Morro da Luz, Centro de Distribuição do Aeroporto, Depósito de Medicamentos e obras da ponte Olímpio Macuéria, no Neves Bendinha, foram também constatados pela responsável.

No Rangel, Joana Lina constatou o andamento das obras da passagem desnivelada do Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL), na Avenida Hoji-ya-Henda, requalificação das ruas do Rangel e Terra Nova, tendo depois passado pelo CINFOTEC e escola Ngola Mbandi.

O Centro de Saúde 12 de Julho, construção da rede de drenagem de águas pluviais nos sectores Mota e Frescura, desactivação e realojamento de moradores do edifício Majestic, no bairro Operário, o campo do Buca Vu, problemático em tempo de chuva, zona do sector Mota, Centro de Saúde do Sambizanga, também preencheram a jornada de campo da governadora de Luanda.

Joana Lina foi à sede do Distrito Urbano do N'gola Kiluanje e constatou o andamento dos trabalhos de requalificação das ruas da Fabimor, Sucanor e do GDK, Centro de Saúde São Pedro da Barra, obras do Campo Polivalente, Centro do MAPTSS e demais equipamentos sociais também mereceram atenção da responsável provincial durante a sua visita àquele distrito.

Com bastante atenção, a governadora de Luanda, ouviu com as explicações dos técnicos e foi fazendo as anotações, questionando sempre que necessário e em alguns casos baixou orientações concretas para as situações imediatas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade