Mundo

Fundo apoia vítimas de violência baseada no género

As vítimas de Violência Baseada no Género (VBG), em Cabo Verde, vão ser apoiadas a partir de 2023, por um fundo de 42 milhões de escudos (202.230 kz), informou, esta terça-feira, o ministro de Estado e da Família.

23/11/2022  Última atualização 08H37
Fundo apoia vítimas de violência baseada no género © Fotografia por: DR

"No sentido de tirar as mulheres, as senhoras, do espaço da violência, evitar que estejam na dependência do violador, por assim dizer. Estaremos a dar um passo importante”, explicou o ministro Fernando Elísio Freire, à margem da segunda edição do Diálogo Político de Alto Nível sobre o Plano de Acção Conjunta para a melhoria da implementação da Lei VBG em Cabo Verde, que decorre na cidade da Praia.

"Temos que fazer as adaptações para que a lei possa estar cada vez mais alinhada com a sociedade, com aquilo que acontece, principalmente no factor preventivo”, afirmou ainda o ministro.

Os tribunais cabo-verdianos tinham pendentes, a 1 de Agosto, mais de 2.300 processos por crimes de Violência Baseada no Género, essencialmente contra mulheres, e o número de novas queixas, que estava a cair desde 2016, voltou a crescer no último ano.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo