Regiões

Funcionária do IGCA flagrada a extorquir mais de 18 mil kwanzas

Matias da Costa| Cuito

Jornalista

A Inspecção Geral da Administração Estado (IGAE) flagrou, na última sexta-feira, uma funcionária do Instituto Geográfico Cadastral de Angola (IGCA) na cidade do Cuito, província do Bié, quando em serviço, tentava extorquir 18.700 kwanzas de um cidadão.

25/11/2021  Última atualização 20H40
© Fotografia por: DR

Segundo a delegada do gabinete provincial da IGAE no Bié, Elsa Neto, sublinhou que a funcionária foi flagrada e de seguida detida quando recebia os valores sob protesto de fornecer serviços da mesma instituição ao requerente.

Elsa Neto reprovou o acto, considerando ser uma conduta desviante e uma prática de extorsão condenável à luz da lei. "Este é o primeiro acto flagrado, depois da fase de sensibilização dos gestores e funcionários públicos”.

A responsável fez saber que dentro das atribuições e missões da IGAE onde se enquadrara o diagnóstico e a sensibilização propôs-se que seja imposta à funcionária uma medida disciplinar ao invés de uma acção mais gravosa.

Elsa Cristina Neto apelou a todos funcionários da administração local do Estado a primarem por uma conduta regrada que contribua para o bem colectivo, num âmbito do combate à corrupção e outros crimes conexos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões