Política

Fotos de Agostinho Neto expostas na “Feira do M”

O MPLA vai comemorar a 10 deste mês o 66º aniversário de existência e abriu, este domingo, uma amostra de cultura e artes, designada "Feira do M", em Luanda, no âmbito das festividades, depois da abertura das actividades sociopolíticas no último sábado.

05/12/2022  Última atualização 06H57
Diversas actividades sociopolíticas vão marcar até 11 deste mês as jornadas alusivas ao 66º aniversário do partido MPLA no país © Fotografia por: DR

Falando à imprensa, a propósito da iniciativa patente até ao dia 11, na Marginal de Luanda, o porta-voz do partido, Rui Falcão, valorizou a exposição e destacou o simbolismo dos vários trajes expostos.

"Por isso, temos as nossas mulheres com lenços à cabeça, calças e camisolas nas cores do partido (MPLA)", disse o político, citado pela Angop.

A feira contempla exposições de roupas, livros, pinturas, música, artes e gastronomia nacional. As jornadas alusivas ao 10 de Dezembro foram abertas, oficialmente, sábado, sob o lema: "MPLA a força do povo” e as mulheres são,na maioria,este povo, devendo decorrer em todo o país.

Ontem, estiveram presentes, no acto de abertura, o primeiro-secretário do partido em Luanda, Manuel Homem, membros do Comité Central do MPLA e dos comités provinciais, além de convidados.

 

Exposição da trajectória histórica

Uma exposição fotográfica, sobre a trajectória histórica do MPLA, está patente desde sábado (3), no hall principal do Centro de Conferências de Belas, no âmbito das jornadas comemorativas do 66º aniversário do partido, que se assinala a 10 deste mês.

A exposição retrata as acções políticas do MPLA no período de 1956-2022 e foi visitada por membros do Secretariado do Bureau Político, com realce para o secretário-geral do partido, Paulo Pombolo.

Entre as fotos expostas destacam-se as que retratam as actividades do Presidente Agostinho Neto no período compreendido entre 1963 e 1979. Ainda no âmbito da efeméride, um grupo de músicos angolanos desfilou no palco do Centro de Conferências de Belas, em Luanda, para partilhar as suas canções de consciencialização política.

Trata-se de Santos Júnior, Calabeto, Carlos Lamartine, Santocas, Mirol e Legalize, que interpretaram músicas de David Zé e Artur Nunes, de intervenção política, exaltando a fase da luta armada de libertação nacional, Independência de Angola e a consolidação da paz e desenvolvimento do país.

Em 15 minutos, os artistas animaram as centenas de militantes, simpatizantes e amigos do MPLA provenientes de todos os municípios e distritos urbanos da província de Luanda.

Estiveram presentes na sala os membros do Secretariado do Bureau Político do MPLA, Comité Central, do Governo, deputados à Assembleia Nacional, convidados, militantes, simpatizantes e amigos do partido.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política