Política

Formadores eleitorais com responsabilidades acrescidas

Alfredo Ferreira / Caxito

Jornalista

O presidente da Comissão Provincial Eleitoral (CPE), José Jamba, afirmou, na comuna das Mabubas, província do Bengo, que os formadores têm responsabilidades acrescidas no processo de preparação das Eleições Gerais, solicitando, por isso, maior engajamento na transmissão de conhecimentos aos técnicos para realizarem um bom trabalho nas assembleias de voto.

22/06/2022  Última atualização 09H25
Formadores nacionais preparam agentes de educação cívica eleitoral em várias províncias © Fotografia por: eduardo pedro | edições novembro

José Jamba falava na abertura do seminário de capacitação de 35 formadores provinciais eleitorais, para que desempenhem a sua missão de forma ordeira. O presidente da Comissão Provincial Eleitoral no Bengo sublinhou que os formadores devem realizar o trabalho com  compreensão, interpretação da situação local e aplicação da legislação eleitoral, para que sejam capazes de dotar os agentes municipais de subsídios técnicos de grande valia.

"Pretende-se, com esta acção formativa, que os participantes sejam dotados de ferramentas importantes que lhes permita administrar os conteúdos do pacote legislativo eleitoral aos órgãos locais", referiu o responsável da CPL do Bengo.

Segundo José Jamba, há necessidade de os participantes obterem conteúdos no âmbito da Educação Cívica Eleitoral, para que estejam aptos e prontos a promover campanhas de educação cívica, bem como mobilizar e informar os eleitores sobre a importância do pleito eleitoral, a localização das assembleias de voto e como votar.

Durante dois dias, os formadores vão abordar matérias ligas à o "A Campanha de Educação Cívica Eleitoral”, a "Agentes de Educação Cívica Eleitoral”, às "Fases da Campanha, à Constituição e Funcionamento das Assembleias de Voto”, "Fiscalização e Observação Eleitoral”, "Ordem de Votação”, bem como à "Votação, Contagem e Apuramento”.

 

CEP-Lunda-Sul

A Comissão Provincial Eleitoral CPE- Lunda-Sul iniciou, ontem, em Saurimo, no quadro da   preparação das próximas Eleições Gerais, um seminário sobre educação cívica eleitoral com duração de três dias,  no qual  participam nove formandos, para trabalharem como formadores de agentes de sensibilização nas comunidades.

As acções de formação incluem temas como as "Fases da Campanha", "Órgãos da Administração Cívica Eleitoral", "Campanha de Educação", "Constituição e funcionamento das assembleias de voto", "Fiscalização e observação eleitoral", "Processo de votação”, "Contagem e apuramento”.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política