Política

Forças Especiais celebram 44 anos com espírito de equipa

As Forças Especiais comemoraram quinta-feira o 44º aniversário da sua criação, cuja cerimónia central decorreu em Cabo-Ledo, sob orientação de Abreu Ukuatchitembu “Kamorteiro”, chefe do Estado-Maior General adjunto para Área Operacional e de Desenvolvimento, e testemunhado por membros do Executivo, altas patentes dos Órgãos de Defesa e Segurança, representantes da sociedade civil e convidados.

07/05/2022  Última atualização 12H20
Cerimónia comemorativa decorreu em Cabo-Ledo, com diversas actividades e homenagens © Fotografia por: DR

Discursando no acto central, depois de render homenagem aos militares das Forças Especiais tombados heroicamente na defesa da pátria, o general Kamorteiro referiu que "o país precisa de militares conscientes, homens e mulheres focados nos actuais desafios, mormente na moralização da sociedade, na defesa do património público e no respeito dos valores morais e cívicos”.

Citado numa nota da instituição enviada ao Jornal de Angola, destacou ainda a necessidade do reforço da disciplina e do espírito de equipa, enaltecendo a importância de manter a força de carácter, o respeito aos superiores hierárquicos e o amor à pátria.

Durante a intervenção, exortou os efectivos das Forças Armadas Angolanas e das Forças Especiais, em particular, a terem uma participação activa e exemplar no exercício do direito cívico, dando "um bom exemplo de cidadania responsável”.

Com um vasto programa de actividades, a cerimónia foi marcada pela leitura de diversas mensagens de felicitações, demonstração das múltiplas valências operacionais desta força de elite das FAA, incluindo o lançamento de paraquedistas e a outorga de estímulos aos militares e trabalhadores civis que mais se destacaram no cumprimento do seu dever.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política