Mundo

Força da SADC desmantela base de grupo terrorista

Forças da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC)) anunciaram, sábado, o desmantelamento de uma base de rebeldes, em Cabo Delgado, no Norte de Moçambique. No decurso da operação foram recuperadas armas e resgatadas vá-rias mulheres.

20/09/2021  Última atualização 10H19
© Fotografia por: DR
Num comunicado divulgado sábado, a Missão de África Austral (SAMIM) afirma que, em apoio às Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), os militares da SADC efectuaram a partir do dia 14 deste mês uma operação durante a qual capturaram uma base fortificada do grupo rebelde denominado "Al Sunnah wa Jama'ah", situada a Sul do rio Messalo.


Segundo a SAMIM, a base Sheik Ibrahim, desmantelada pela força da SADC tinha sido utilizada como campo de treino, no qual foram apreendidas armas ligeiras e armamento pesado.


O comunicado destaca a descoberta na base dos rebeldes, de um número importante de livros de treino militar, assim como vídeos e outros dispositivos de comunicação.


As informações recolhidas vão contribuir para uma melhor avaliação da forma como operam os grupos terroristas em actividade na província moçambicana de Cabo Delgado, bem como o nível de ameaça do terrorismo e extremismo na região.


A SAMIM informa, também, que no decurso da operação foram resgatadas três anciãs, entregues às autoridades para posterior identificação e cuidados.


Cabo Delgado, província do Norte de Moçambique, rica em gás natural, tem sido assolada desde 2017 por uma vaga de grupos terroristas, que reivindicam a sua afiliação à rede extremista auto-denominada Estado Islâmico.


A coligação formada pelas forças moçambicanas, da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral e por militares ruandeses, voltou a restabelecer a autoridade do Estado em várias zonas em que operavam grupos terroristas, designadamente a vila de Mocímboa da Praia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo