Política

Fomento do emprego encorajado pelo MPLA

O Comité Central do MPLA encorajou, sexta feira, o Executivo angolano a prosseguir com a implementação de medidas que visem o fomento do emprego e a aceleração da formalização do sector informal da economia.

15/03/2020  Última atualização 06H33
Mota Ambrósio | Edições Novembro

Segundo o comunicado final da III reunião ordinária do Comité Central do partido que suporta o Governo, a medida visa elevar a renda familiar e a reduzir a pobreza.
Na sessão orientada pelo presidente do MPLA, João Lourenço, os membros desse órgão recomendaram a continuação, pelo Executivo, do programa de reabilitação e construção de estradas em todo território nacional. De acordo o documento, a que a Angop teve acesso, o MPLA incentiva o Governo a melhorar as infra-estruturas de saneamento básico, fundamentalmente nas grandes cidades.
Com o foco no aumento dos níveis de empregabilidade, sobretudo da juventude, o Comité Central do MPLA considerou a agricultura, o turismo e as pescas sectores impulsionadores do crescimento económico do país e do fomento do investimento privado.
Ainda sobre a juventude, o órgão integrado por 497 membros deliberou relativamente à necessidade do permanente o aproveitamento do potencial dessa franja da sociedade.
Na sessão de sexta-feira, que durou mais de oito horas, o Comité Central do MPLA encoraja o Executivo a continuar com acções para mitigar os efeitos da crise económica e financeira mundial que assola o país e as famílias angolanas, particularmente.
O órgão que se reúne sempre que é convocado pelo presidente do partido, pelo Bureau Político ou por solicitação de 1/3 dos seus membros, regozijou-se com os resultados alcançados no encontro sobre a implementação dos programas do sector social do Plano Nacional de Desenvolvimento Nacional 2018/2022, realizado esta semana.
Relativamente ao Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), a reunião recomendou ao Executivo que apoie, com celeridade, a elaboração dos respectivos projectos e a sua execução com rigor, eficácia e eficiência.
O comunicado final da sessão, que decorreu à porta fechada, informa que foi apreciado o relatório da III sessão ordinária do Bureau Político e o parecer da Comissão de Disciplina e Auditoria do Comité Central.
Na reunião, decorrida sob a liderança do Presidente João Lourenço, foi também apreciado o projecto de relatório da Comissão de Disciplina e Auditoria e o projecto de execução do orçamento geral do partido referente ao ano de 2019.
O Comité Central é o órgão deliberativo máximo do MPLA no intervalo dos congressos. Estabelece a linha de orientação do partido, no quadro das deliberações do Congresso.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política