Sociedade

Fomento do empreendedorismo emprega 250 jovens na Lunda-Sul

Flávia Massua | Saurimo

Jornalista

O antigo distrito de Novas Chaves, actual sede municipal de Muconda, assinalou, quarta-feira, 54 anos, desde a sua ascensão à categoria de vila, através do Diploma Legislativo n.º 11, Portaria 15.600, que homenageou o então governador Bento Roma e selou, em simultâneo, o processo de ocupação da Lunda.

15/01/2022  Última atualização 08H20
© Fotografia por: DR
Os traços de mudança na imagem de uma pacata vila, cujo território alberga mais de 40 mil habitantes e faz fronteira com o vizinho Congo Democrático, são notórios na multiplicação de casas sociais, estruturas administrativas para vários serviços públicos, jardins, passeios e predominância de asfalto, no traçado das ruas herdadas. Em comemoração, o vice-governador Mendes Gaspar entregou a uma cooperativa integrada por 250 ex-militares, 200 kits de trabalho, para fomento do auto-emprego para jovens, 20 cabeças de gado bovino e 12 tanques para a piscicultura.

A comunidade do bairro Fufu, na via Saurimo / Muconda, ganhou um Posto de Saúde, para atender mais de 400 habitantes. Também, ganhou um mercado na sede comunal de Muriege, com as respectivas bancadas, para acomodar mais de 100 vendedores. 

A administradora municipal, Maria Segunda, ressaltou que os investimentos públicos realizados são ganhos significativos. Note-se que a feira organizada em alusão à data expôs banana, abacaxi, abacate, hortícolas, batata-doce e peixe, além de outro potencial agro-pecuário da zona.

No bairro Fufu, o regedor André Mutombo expressou o sentimento de alívio, pelo Posto de Saúde, já que deverá poupar esforços a mais de 400 habitantes, que percorriam 15 quilómetros em busca do acesso aos serviços de Saúde.

Para o vice-governador, Mendes Afonso Gaspar, a vila de Muconda tem estado a conhecer melhorias, do ponto de vista social, o que convida a todos os residentes a contribuírem para o seu contínuo desenvolvimento.

Aos jovens, franja que na sua visão é a mais exigente e imediatista, o governante ressaltou a necessidade de se absterem das más condutas, evitarem actos criminosos, arruaças e a destruição de bens públicos, sob pena de prejudicarem a maioria.

Os apelos foram extensivos à participação massiva dos cidadãos nos postos de vacinação contra a Covid-19 e nos BUAP’s, para a actualização dos dados eleitorais e obterem o cartão do munícipe.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade