Política

FNLA realiza acto de massas no Zaire

Kayila Silvina | Mbanza Kongo

Jornalista

A Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) realizou, terça-feira, na província do Zaire, uma marcha de apoio ao novo presidente do partido, Nimi a Simbi, eleito recentemente no quadro do V Congresso Ordinário.

18/11/2021  Última atualização 08H40
© Fotografia por: DR
A marcha deve-se ao facto de o novo líder estar engajado na unificação de todos os militantes e acabar com todos os conflitos internos que ainda se verificam no partido dos irmãos, que está a trabalhar de forma árdua para retomar o seu lugar na arena política nacional, com os olhos virados para o próximo desafio eleitoral de 2022, onde pretendem conquistar mais lugares na Assembleia.

Para o secretário provincial da FNLA na província, António Makiese, ouvido pelo Jornal de Angola, à margem da marcha, o partido está a trabalhar para vencer as próximas eleições gerais de 2022 e as mudanças devem começar dentro de cada militante, para a organização, coesão e unidade interna, seguindo as orientações do actual presidente.

 Quanto aos intermináveis conflitos internos que desgastam a imagem da FNLA, António Makiese assegurou que, desde a eleição de Nimi a Simbi como presidente, hoje já é notável a aproximação entre irmãos desavindos.

António Makiese apelou, também, aos militantes do seu partido a aderirem em massa ao processo de actualização do registo eleitoral oficioso, fazendo-se presente nos Balcões Único de Atendimento ao Público (BUAP), no sentido de serem habilitados ao exercício de um direito de cidadania, que é o voto. A marcha daquele partido histórico juntou militantes da FNLA, da JFNLA e antigos combatentes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política