Política

FNLA no Bengo trabalha para conseguir um deputado

Para o pleito de 24 de Agosto, no Bengo, a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) está focada na eleição de pelo menos um deputado à Assembleia Nacional pelo círculo provincial, avançou, ontem, na comuna do Úcua, município do Dande, o primeiro secretário provincial.

12/08/2022  Última atualização 06H45
Junqueira Júnior está confiante no apoio dos eleitores © Fotografia por: José Bule | Edições Novembro

Junqueira Júnior, que falava à imprensa no final de uma actividade de caça ao voto, no bairro 40, disse que a FNLA trabalha forte na mobilização e sensibilização das populações, para o pleito.

Explicou que os militantes do seu partido já realizaram acções de sensibilização nos municípios de Ambriz e Dande, para nos próximos dias intensificarem as acções na zona dos Libongos, Quibaxe, Bula Atumba, Pango Aluquém e Nambuangongo.

Segundo Junqueira Júnior, o partido tem como linhas de força a Agricultura, Saúde, Segurança e Educação.  "O povo do Bengo pode esperar muito da FNLA, que é pela paz, harmonia e trabalho. Portanto, a nossa acção visa despertar a massa militante, para não cair na fórmula de que o partido não esteve presente”.

O secretário provincial da FNLA no Bengo, Junqueira Júnior, alertou  que, em Caxito, ocorrem várias situações que deviam ser discutidas e nunca foram. A título de exemplo, o canal de irrigação, que atravessa a cidade, segundo o político, é um factor endémico palpável a malária.

"Muitas mortes são oriundas daquela vala, por falta de saneamento básico. Mesmo aqui no Úcua, há charcos que devem ser eliminados, para evitar várias doenças”, concluiu.

FNLA caça votos

A FNLA continua firme na "caça ao voto" nos mercados e zonas periféricas da cidade de Luanda, para as eleições gerais de 24 de Agosto, com a intensificaçao de acções de campanha de mobilização de eleitores.

Hoje, os brigadistas do partido dos "irmãos” vão percorrer várias artérias do distrito urbano da Baia, município de Viana, ao encontro dos eleitores, a quem pretendem apresentar a imagem do candidato à Presidência da República Mini a Simbi, bem como dar a conhecer a posição que a FNLA ocupa no boletim de voto. "O partido tem procurado cumprir uma agenda para dar a conhecer aos potenciais eleitores o programa de governação para o país, caso vença às eleições", destacou Ndonga Nzinga, porta-voz da FNLA.

Explicando que esse trabalho tem sido realizado um pouco por todas as províncias, Ndonga Nzinga afirmou que, ontem, os militantes da FNLA realizaram uma actividade partidária de mobilização no mercado do Asa Branca.

No quadro da intensificação das actividades de campanha, o presidente da FNLA, Nimi a Simbi, desloca-se no dia dezassete à província do Huambo, seguindo, depois, para a Huíla.

Guimarães Silva | Úcua e Manuel Albano

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política