Política

FNLA formaliza hoje candidatura às eleições

Joaquim Cabanje

Jornalista

A Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) entrega quinta-feira(, em Luanda, ao Tribunal Constitucional a candidatura às eleições gerais de 24 de Agosto próximo. A entrega da candidatura estava prevista para , de acordo com o anúncio do Tribunal Constitucional, mas por razões de organização dos processos ficou para hoje.

23/06/2022  Última atualização 09H25
Dirigentes políticos do partido histórico explicaram, ontem, as razões do adiamento da entrega © Fotografia por: Vigas da Purificação | Edições Novembro
O secretário-geral da FNLA, Aguiar Laurindo, disse ao Jornal de Angola que a remarcação se deveu a uma melhor preparação e arrumação de toda a documentação recolhida dos militantes espalhados no país.
Por seu turno, o mandatário da candidatura, João Roberto Soki, revelou que vão ser entregues ao Tribunal Constitucional cerca de 20 mil assinaturas, embora tenham recolhido 30 mil. O também secretário nacional para os Assuntos Políticos da FNLA assegurou que o presidente Nimi a Simbi é o cabeça-de-lista, enquanto Benjamim Manuel da Silva é o candidato a Vice-Presidente da República. O partido fundado por Holden Roberto participa das eleições desde a abertura democrática de Angola em 1992 até às últimas realizadas em 2017.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política