Cultura

Filme “Oportunidades Perigosas”narra a ganância pelo lucro fácil

O filme de produção nacional “Oportunidades Perigosas”, tem a pré-estreia, hoje, às 17h00, no Instituto Guimarães Rosa, em Luanda. O filme teve o apoio da Embaixada do Brasil em Angola.

14/06/2024  Última atualização 10H30
Actores durante uma cena do filme no garimpo de diamante © Fotografia por: DR

De acordo com a sinopse do "Oportunidades Perigosas”, o conflito gira em torno da recuperação da mala de diamantes, furtada por Russo, um engenheiro de Minas em uma zona do Leste de Angola.

A história é sobre a procura e disputas por uma mala de diamantes, extraviada nas margens do Rio Bengo, como o centro das actracções, em que o drama e acção do realizador Mankenda Eduardo "Ungido”,  está sempre presente.

Na fuga, com destino a Luanda e na iminência de ser interceptado pelo caminho, Russo resolve atirar a mala do produto contrabandeado em uma das margens do Rio Bengo, para a posteriori recuperá-la.

Porém, na sequência, um engenheiro de nacionalidade portuguesa, num dos restaurantes de Luanda, depara-se com Marcos e seus amigos, todos recém-despedidos do emprego, e propõe-lhes o pagamento de cinco mil dólares, caso recuperassem a mala, no local indicado.

Para a "aventura”, o engenheiro português os aliciou com uma oferta inicial de 400 mil Kwanzas, mas que seriam vigiados por um relógio com o Sistema de Posicionamento Global (GPS). Com a mala em posse, Marcos tenta localizar o português, mas sem sucesso. Daí, o grupo resolve enterrar os diamantes até localizar o chefe Russo que os prometeu recompensar pelo trabalho com uma quantia de cinco mil dólares pela recuperação da mala.

Em declarações, ontem, ao Jornal de Angola, o realizador Ungido disse que "Oportunidades Perigosas”, é uma longa metragem de aproximadamente duas horas, gravado entre os anos de 2021 a 2022, em Luanda e Caxito, no Bengo, onde há fusão dos géneros drama, suspense e acção.

Idealizado, escrito e realizado por Mankenda Eduardo "Ungido”, o filme integra 56 actores e foi produzido pela MGE- Filmes Company, I. Neto-Filmes e N. Produções Entretenimento, com apoio gráfico da AD Models.

Conta, igualmente, com a participação especial dos actores, Felipe Petronilho, Fernando Mailoge, Sidney Profeta e Adilson Calazans.  Nensala Ati de Jesus, Luís Mendinhas, Ilídio Neto (Abele), Maikson Gomes, Abel Lopes e vários outros actores secundários fazem parte do projecto cinematográfico. Participa na realização e produção, o próprio Mankenda Gonçalves Eduardo "Ungido”, Ilídio Neto "Abele” e Nelson dos Santos "Cebolinha”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura