Cultura

Filme e actriz Angolaninha dominam Kids Talent Awards

Roque Silva

Jornalista

A longa-metragem “A palavra tem poder” foi o grande vencedor da terceira edição do Kids Talent Awards (KTA), ao arrebatar o prémio de melhor filme e de melhor actriz, para a figura que interpreta a personagem principal, de nome Angolaninha.

29/06/2022  Última atualização 07H25
Projecto voltado ao sector das artes visa premiar artistas infantis © Fotografia por: Dr

Joamara de Fátima, de 16 anos, que é também radialista e cantora infantil, foi ainda eleita melhor apresentadora de rádio, numa cerimónia que decorreu, sábado, no Royal Plaza, em homenagem ao Centenário de Agostinho Neto, que se assinala a 17 de Setembro.

"A palavra tem poder” narra a vida cheia de acção e drama de uma rapariga de 10 anos, natural de Kaxicane, que viaja a Luanda em busca do seu sonho. A personagem principal da trama, representada por Angolaninha, idealiza atingir uma carreira de sucesso como kudurista e para tal é necessário se instalar na capital angolana. A menina enfrenta dificuldades de vária ordem para conseguir um espaço nos canais de divulgação e promoção do seu trabalho e se impor no mercado musical, até que numa frase construída com gírias e mal interpretada mude o rumo das coisas. No decurso do filme, o responsável da carreira da cantora faz de tudo para promover a sua artista, e solicita algumas pessoas para a promoverem, mas esses entendem que deve ser morta.

A produção do KTA premiou outras categorias do sector das artes e cultura, designadamente: melhor actor de filme (Leandro Muhongo - filme Chaduka), melhor peça de teatro (O Pai Natal Angolano), actriz de teatro (Sofia Sapateiro), grupo musical (Trio da Diversão), melhor música (Mana Taxa), declamadores (Laudemia Cleia e José Raimundo Gonçalves Kiesse), grupo de dança (Academia de artes Dumara Lopes), melhor bailarina (Ivanilda Pinto), melhor texto literário (Marlene Torres) e artista plástica favorito (Maria Diniz).

Além disso, a pequena Madalena Tuaffenny Quinjungo do Nascimento venceu a categoria Tik Tok, ligada a produção de conteúdo na internet, enquanto Madalenma Rosa dos Santos Santiago (produção de eventos), Daniel Costa (melhor apresentador rádio), Haniel Carneiro (repórter), Malta da paz e da Alegria (Programa infantil de TV) e Kabukus da Rádio (Programa infantil de Rádio).

A terceira edição registou mais de 300 inscrições e elegeu mais de 100 finalistas, com idades entre os seis e os 17 anos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura