Cultura

Filme de Bruno Barreto hoje no CCBA

A Casa da Cultura Brasil-Angola (CCBA), em Luanda, acolhe hoje, às 17h00, o projecto Cine BR, com a exibição do filme “Dona Flor e os Seus Dois Maridos” de Bruno Barreto, com Sónia Braga, José Wilker e Mauro Mendonça.

07/06/2022  Última atualização 07H57
© Fotografia por: DR

O filme retrata o início da década de 1940. Dona Flor, sedutora professora de culinária em Salvador, é casada com o malandro Vadinho, que só quer saber de festas e "boites" da cidade. A vida de abusos e noites em claro acaba por acarretar a sua morte precoce num domingo de Carnaval de 1943, deixando Dona Flor viúva. Ela casa-se de novo, com o recatado e pacífico farmacêutico da cidade. Com saudades do antigo marido que apesar dos defeitos era um óptimo amante, acaba causando o regresso dele em espírito, que só ela vê. Isso deixa a mulher em dúvida sobre o que fazer com os dois maridos que passam a dividir o seu leito.

A programação da CCBA para esta semana reserva , às 15h00, o programa "À conversa com Álvaro Macieira”, na qual o artista plástico vai estar com Dom Sebas Cassule e dois convidados especiais, José Luís Mendonça e Van, no âmbito da Exposição "Kutala África”, que ficará patente até 18 deste mês.

Álvaro , antigo jornalista, poeta, membro da União dos Escritores Angolanos, artista plástico e consultor cultural  durante mais de 20 anos se dedicou  à investigação dos vários aspectos da vida cultural angolana, percorrendo o país e tomando contacto com a realidade nacional, consolidando os seus conhecimentos que lhe vêm da sua vivência rural e do privilégio de ter viajado desde muito jovem pelas inúmeras regiões de Angola e de África.

Para quinta-feira, está prevista a realização do projecto "A contação de histórias” com  Maria Ângela, que traz a história "Boladas e Amigos”, da escritora brasileira Ana Maria Machado, com ilustrações de Claudius. A escritora nasceu no Rio de Janeiro em 1941. Tem quase 40 anos de carreira, mais de cem livros publicados no Brasil e em mais de 17 países, somando mais de 18 milhões de exemplares vendidos.

Maria Ângela ficou conhecida como escritora, tanto pelos livros voltados para adultos como aqueles voltados para crianças e jovens.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura