Política

Fidel Castro homenageado em Luanda

Gabriel Bunga

Jornalista

O antigo Presidente de Cuba, Fidel Castro, foi homenageado, em Luanda, seis anos depois da sua morte. A cerimónia decorreu no Museu de História Natural, sob a égide da Embaixada e Liga de Amizade Angola-Cuba.

28/11/2022  Última atualização 07H07
Recordar, Comandante Fidel Castro © Fotografia por: Arquivo
Na cerimónia de sexta-feira foram apresentados poesias e cânticos em memória do Comandante Fidel Castro. A embaixadora de Cuba em Angola, Esther Armenteros, no fim da actividade, disse à imprensa que a homenagem ao antigo líder da revolução daquele país, seis anos depois do seu desaparecimento físico, não é para celebrar a morte mas sim a sua obra.

"A sua obra foi muito grande. Consistiu na libertação de Cuba da ditadura e criar uma sociedade melhor para todos”, disse, sublinhando que a primeira vez que viu Fidel Castro tinha dez anos e era uma menina de uma família pobre, negra e mulher que não teria oportunidade.

"A revolução cubana deu-me esta possibilidade de estudar e de ser uma pessoa a beneficiar da igualdade das mulheres com os homens”, referiu, salientando que a cor da pele não importou.

"Para mim, Fidel Castro é uma figura imprescindível e que a cada ano vai ser recordado. Não vamos lhe recordar com tristeza, senão com alegria”, disse. Na ocasião, os participantes da cerimónia de homenagem a Fidel Castro renderam, também, homenagem ao Presidente Agostinho Neto pelo seu Centenário Natalício.

"Agostinho Neto e Fidel Castro eram muito amigos. Hoje estamos a celebrar a data natalícia de um e a data da morte do outro e sempre estarão vivos nos corações dos seus povos, Angola e Cuba”, observou.

Esther Armenteros disse que as relações entre Angola e Cuba são excelentes e que em Angola existem mais de mil médicos cubanos, em todas as províncias, prestando o seu serviço à população.

"Estamos a cumprir 47 anos de relações bilaterais entre os dois países e nos outros sectores as relações são fortes”, reiterou, durante o evento marcado com a exposição fotográfica, com imagens de Fidel Castro com Agostinho Neto e outras figuras históricas de África.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política