Política

Fenómenos migratórios exigem adopção de melhores práticas

Xavier António

Jornalista

Os fenómenos migratórios impuseram desafios aos Estados, pelo que se exige a adopção de melhores práticas para contrapor tal facto, segundo o ministro do Interior, Eugénio Laborinho.

19/04/2021  Última atualização 14H09

O ministro que discursava esta segunda-feira, (19) durante o acto solene das festividades do 45º aniversário do Serviço de Migração Estrangeiros (SME), disse que  mesmo com a crise financeira, o pelouro que dirige tem envidados esforços para colmatar as dificuldades em todos os níveis.


De acordo com ministro, a ausência de meios não deve ser motivo para justificar impedimentos na capacidade de respostas mais eficazes e imediatas às ocorrências de ordem migratória. "Devemos usar todos os recursos ao nosso dispor para prevenir alguns fenómenos migratórios que atentem contra a segurança e estabilidade social do país", disse.


Durante a sua intervenção, Eugénio Laborinho destacou que com a construção de infra-estruturas, entrega de meios rolantes e outros, reconhecendo a partida que, ainda, não são suficientes, pelo que, assume compromisso de tudo fazer para a satisfação das necessidades do SME.


"A exemplo do que ocorreu nas Províncias do Bengo, Cuanza Sul, Cunene, a inauguração de algumas infra-estruturas, também teremos a inauguração do edifico da Direcção provincial do SME em Benguela nos próximos tempos", garantiu o ministro do Interior.

 

O Executivo angolano, recordou, no seu Programa de Desenvolvimento Nacional (PDN) 2018-2022, tem na sua agenda diversas acções para este sector porque entende que o território angolano, enquanto área de vida e bem estar dos cidadãos, constitui a base do processo de desenvolvimento.

 

 

Em desenvolvimento...

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política