Regiões

Feitos de Neto constituem ponto de partida para construção de Angola

João Upale | Moçâmedes

Jornalista

O governador do Namibe, Archer Mangueira, afirmou que o 11 de Novembro de 1975 constitui o ponto de partida na construção de infra-estruturas do país e conduziu a um período virtuoso de crescimento económico, interrompido “infelizmente” pela crise que afectou os preços das matérias-primas desde 2014.

12/11/2021  Última atualização 01H44
© Fotografia por: Edições Novembro

Durante as celebrações da efeméride, Mangueira disse que Angola estava ainda muito dependente das exportações do petróleo para dar uma resposta mais rápida e cabal a essa drástica perda de receitas.

No âmbito das grandes transformações, acrescentou, o Executivo desde 2017 desencadeou uma política de diversificação da economia, de forma a dar maior sustentabilidade ao desenvolvimento com base nas potencialidades dos recursos naturais.

Apesar disso, o governador sustentou que a aposta nesta mesma diversificação da economia vai contribuir para que se cumpra o programa motivador da luta pela liberdade. "E quando começávamos a recolher os frutos do grande esforço nacional que foi feito para responder a crise iniciada em 2014, surgiu a pandemia de Covid-19, afectando de forma drástica a circulação de pessoas e bens e, com isso, a generalidade dos países viu as suas economias a regredir", comentou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões