Economia

Feira da Banana é inaugurada hoje em Caxito

A 8ª Feira da Banana de Produção Nacional arranca hoje em Caxito, Bengo, onde se prolonga até domingo, com a participação de 200 expositores nacionais e estrangeiros, de acordo com informações obtidas pelo Jornal de Angola.

21/06/2019  Última atualização 09H12
Edmundo Eucílio | Edições Novembro © Fotografia por: Foto retrata os preparativos da exposição no dia de ontem

Fontes da organização declararam ontem à nossa reportagem a previsão de que o ministro da Agricultura de Florestas, Marcos Nhunga, inaugure a exposição com uma intervenção em que são levantados os temas da diversificação da economia e do alcance da auto-suficiência alimentar no páis.
De acordo com o programa, estão previstas conferências consagradas aos “Caminhos para a produção agrícola e o alcance da auto-suficiência alimentar”, “Prevenção e controlo de doenças e pragas”, “Produtos saudáveis, consumo seguro e vida mais”.
Os expositores nacionais, indicam as informações, representam as províncias de Benguela, Uíge, Malanje, Zaire, Cuanza-Norte e Luanda, além dos participantes dos seis municípios que compõem à província.
Durante os três dias que decorre o certame, são apresentadas as potencialidades que a província possui nos domínios da Agricultura, Indústria, Turismo, Transportes, Pescas, Obras Públicas e Geologia e Minas, além de equipamentos e maquinarias utilizadas no processo de produção e comercialização.
A agenda a 8ª Feira da Banana de Produção Nacional inclui debates consagrados aos alimentos saudáveis e consumo seguro, além de actividades músico-cultural e de negócios, visitas aos stands e uma gala de premiação.
De realçar que a Feira da Banana é uma iniciativa do Governo Provincial do Bengo em parceria com empresas privadas, visando divulgar as potencialidades de produção agrícola da região.
O Bengo tem uma produção de cerca de 236 mil toneladas de bananas, com a perspectiva é atingir 563.279 toneladas até ao ano económico de 2022.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia