Mundo

Farmajo concorre ao segundo mandato

O Presidente da Somália, Mohamed Abdullahi, vulgarmente chamado por Farmajo, anunciou, esta segunda-feira, a candidatura para um segundo mandato das eleições presidenciais agendadas para o próximo dia 15, informou a Reuters.

10/05/2022  Última atualização 08H55
Presidente somali disputa contra vários líderes políticos © Fotografia por: DR

A Comissão Parlamentar, encarregada de organizar as eleições, anunciou , na semana passada, que as eleições presidenciais estão marcadas para o dia 15 deste mês.

O mandato de Farmajo terminou em Fevereiro do ano passado, mas permanece no cargo devido a um atraso na realização das eleições parlamentares. Para as eleições de domingo, o actual Presidente tem como adversários vários líderes políticos, entre os quais dois ex-Presidentes.

 Na Somália, o Presidente é eleito por parlamentares e senadores. Para ser eleito, um candidato deve receber, pelo menos, dois terços dos votos ou um total de 184 votos.

Aliados ocidentais do Governo somali, entre os quais os Estados Unidos, pediram, repetidamente, às autoridades locais para darem prioridade a realização das eleições gerais, alegando que o atraso do processo eleitoral está a influenciar negativamente a  luta contra a insurgência jihadista do Al-Shabab.

 A Somália vive uma  instabilidade acentuada há décadas, marcada por ataques contra civis e infra-estruturas públicas por parte de  radicais islâmicos ligados à Al-Qaeda.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo