Política

Família e comunidade velam restos mortais de França Van-Dúnem

Familiares, contemporâneos, diplomatas e membros da comunidade angolana residentes em Lisboa, Portugal, velaram quarta-feira, na Basílica da Estrela, o corpo do antigo Primeiro-Ministro e presidente da Assembleia Nacional, Fernando José França Van-Dúnem, falecido quarta-feira, vítima de doença, aos 89 anos.

14/06/2024  Última atualização 08H51
© Fotografia por: Edições Novembro

Às 20 horas, horário de Portugal e mesma hora em Angola, no mesmo local foi igualmente, realizada uma missa de corpo presente, numa cerimónia marcada pela presença da embaixadora de Angola em Portugal, Maria de Jesus Ferreira.

No comunicado de imprensa a que o Jornal de Angola teve acesso, a Embaixada recorda França Van-Dúnem como um defensor incansável e inquebrável dos melhores valores nacionalistas e do bem-estar do povo.

O Professor Doutor França Van-Dúnem, prossegue o documento, desempenhou ao longo dos seus 89 anos de vida cargos da mais alta relevância no Estado Angolano, destacando- se o de Primeiro-Ministro por duas vezes, entre 1991 e 1992 e de 1996 a 1999.

Presidiu a Assembleia Nacional de 1992 a 1996 e além-fronteiras foi, entre 1982 e 1986, embaixador extraordinário e plenipotenciário de Angola em Portugal e no Reino de Espanha, depois de ter desempenhado as mesmas funções, entre 1979 e 1982, na Bélgica, Países Baixos e Comunidade Económica Europeia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política