Regiões

Falta de dinheiro “trava” projectos

?A falta de verbas está a condicionar a conclusão do projecto de loteamento para a auto-construção dirigida de residências, equipamentos sociais e zonas de lazer, nos bairros Onahumba II, Omwongo I e Omwongo II, arredores de Ondjiva, município do Cuanhama, no Cunene, disse o administrador municipal adjunto para a área Técnica, Infra-estruturas e Serviços Comunitários.

22/01/2020  Última atualização 11H57
Cedida © Fotografia por: Falta de dinheiro “trava” projectos

Edson Soares referiu que o projecto de Onahumba II, por exemplo, está paralisado há quatro anos, por falta de dinheiro, e prevê 601 lotes para a construção de residências sociais, equipamentos e áreas de lazer.

Segundo o administrador adjunto, no ano passado estava prevista a materialização do referido plano, mas não foi possível devido à falta de cabimentação de verbas, a partir do Orçamento Geral do Estado, para a execução de projectos virados para os municípios.
Edson Soares acrescentou que contribuíram também para a não execução do programa as acções de emergência de combate à seca, a partir do mês de Fevereiro do ano passado. Justificou que foi dada prioridade às acções viradas para o abastecimento de água às populações, com a reabilitação de furos, aquisição de reservatórios, assim como ajuda alimentar aos sinistrados.
Anunciou que para este ano estão previstos três planos de loteamento das reservas fundiárias, que culminarão com a distribuição dos lotes aos beneficiários, no âmbito do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM). Fez saber também que, além de Onahumba III, a cidade de Ondjiva conta com as reservas fundiárias das localidades Omwuongo II e III, loteadas entre 2014 e 2015, faltando infra-estruturas de abastecimento de água e electricidade, projectos que aguardam por disponibilidade financeira para a sua execução.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões