Cultura

F. Tchikondo conversa com leitores

Analtino Santos

Jornalista

O escritor F. Tchikondo é o convidado da próxima edição do projecto “Textualidades - Conversas com os leitores”, que se realiza amanhã, às 16h00, no Memorial Dr. António Agostinho (MAAN), em Luanda, no âmbito da programação cultural desta instituição.

06/07/2021  Última atualização 21H38
Escritor vai interagir amanhã com amantes da literatura © Fotografia por: Paulo Mulaza | Edições Novembro
F. Tchikondo, pseudónimo literário de Francisco Queirós, nasceu no Bié em 1951 e é autor das obras "O semeador de pedrinhas e outros contos” (2017) e do romance "Império Kassitur na Dinastia Sekele” (2020). É também autor de diversos poemas, alguns dos quais musicados.

A sua mais recente obra literária colocada no mercado no dia 22 de Dezembro do ano passado, no Museu da Moeda, intitulada "Império Kassitur na Dinastia Sekele” foi editada pela União dos Escritores Angolanos.
A obra conta com o prefácio assinado pelo romancista Boaventura Cardoso, que considera a mesma impactante e desafiante por espelhar a visão futurista que o autor tem de Angola no século XXII, partindo da actual realidade, acreditando na força incentivadora da utopia, como a concebera Thomas More, há cinco séculos.

O também romancista antevê uma Angola altamente desenvolvida técnica e cientificamente, a par dos países mais desenvolvidos do mundo, com uma inovadora indústria quântica; comboios, carros e até seres humanos que se mantêm levitando no espaço por acção de supercondutores magnéticos, navios de levitação magnética, comunicação por telepatia.

O prefaciador afirma: "Vale a pena, pois, lê-la até ao fim, seguindo a narrativa por imaginárias auto-estradas magnéticas”.
Advogado de profissão, Francisco Queirós é o actual ministro da Justiça e dos Direitos e dos Direitos Humanos da República de Angola e desde 1985 lecciona Direito Económico na Universidade Agostinho Neto, onde actualmente é professor associado. É mestre em Ciências Jurídico-Económicas pela Universidade de  Lisboa, Portugal.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura