Mundo

Extinto incêndio activo há cerca de dez dias em Chernobyl

O incêndio que deflagrou, há mais de dez dias, na zona de exclusão de Chernobyl e se aproximava da central nuclear foi extinto, anunciou, ontem, o serviço estatal para situações de Emergência da Ucrânia.

15/04/2020  Última atualização 15H58
DR

O responsável desta agência estatal, Nikolai Chechetkin, informou o Presidente Volodymyr Zelenski do fim do sinistro.
Zelenski exigiu, ontem de manhã, esclarecimentos, justificando que “a sociedade queria saber a verdade”.
“À pergunta do Presidente sobre quando seria extinto o incêndio na zona de exclusão, Chechetkin respondeu que já não há fogo”, anunciou em comunicado a Presidência ucraniana. Chechetkin acrescentou que as equipas de bombeiros vão necessitar de vários dias para extinguir totalmente as brasas, após o fogo ter consumido dezenas de hectares de mato e floresta quando se aproximava perigosamente da central nuclear.
O mesmo responsável calculou que através de hidroaviões e helicópteros terão sido utilizadas 500 toneladas de água no combate às chamas, e sublinhou que os bombeiros impediram que o incêndio se aproximasse do sarcófago que cobre o quarto reactor da histórica central, os depósitos de resíduos radioactivos e os arsenais militares que existem na zona.
“A chuva ajudou muito”, precisou Yegor Frisov, chefe do Departamento de Inspecção Ecológica. Acrescentou que os níveis de radiação estão dentro das normas.
Estes valores foram confirmados pelas autoridades de Kiev e pelos Governos vizinhos da Rússia, Bielorrússia e Polónia.
Ontem de manhã, as autoridades ucranianas negaram que o incêndio declarado em 4 de Abril representasse uma ameaça para a central nuclear e seus resíduos.
“Consideramos que não existe ameaça nem para o sarcófago (que isola o quarto reactor que se avariou e deu origem ao desastre) nem para a infra-estrutura vital”, disse à televisão local Ekaterina Pavlova, chefe da agência estatal que gere a zona de exclusão.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo