Cultura

Exposição retrata poemas e discursos de António Agostinho Neto

Amilda Tibéria

“Centenário do Dr. António Agostinho Neto” é o titulo da exposição colectiva da autoria dos artistas plásticos da União Nacional de Artistas Plásticos, em festividades do Fenacult 2022, abertas no Salão Internacional de Exposições “SIEXPO”, no Museu Nacional de Historia Natural, em Luanda.

01/12/2022  Última atualização 23H21
Obra de Mpambukidi Lufilo em destaque na exposição © Fotografia por: ARSÉNIO BRAVO|EDIÇÕES NOVEMBRO
A exposição conta com um conjunto de 30 obras, pintadas em técnicas produzidas de acrílico em óleo sobre tela. Segundo o curador da mesma, o artista plástico e gestor cultural Fernando Nunes, a exposição integra obras das diversas modalidades das artes plásticas, nomeadamente, pinturas e escultura.

Fernando Nunes explicou que a presente obra, trata  da temática, interpretada por poemas, discursos e vivências de Agostinho Neto. A mesma esta inserida numa produção especial do FENACULT 2022, em torno do seu centenário.

O curador falou ainda que a presente exposição integra artistas da velha e nova geração, dos quais se destacam na velha geração o artista plástico "Mpambukidi Lufilo”, com as suas magnificas relíquias de bronze.

"É importante dizer que, entre os seus membros, a UNAP regista um considerável numero de artistas que evoluíram no campo da gestão cultural, artistas estes que gostaríamos de ver inseridos na Administração Pública , visando contribuir o para o desenvolvimento do sector”, disse Fernando Nunes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura