Regiões

Execução física de obras satisfaz autoridades da Lunda-Sul

Kamuanga Júlia | Saurimo

Jornalista

A execução física das obras de construção e reabilitação de escolas, jardins e parque infantiis, inscritas no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), em Saurimo, satisfazem o Governo da Lunda-Sul.

25/06/2021  Última atualização 09H10
© Fotografia por: DR
Durante uma jornada de campo, o governador da Lunda-Sul, Daniel Neto, recebeu dos empreiteiros informações detalhadas sobre as estruturas que despontam,  onde as mais atrasadas estão com uma execução mínima de 50 por cento. Ouviu com atenção reclamações por "algum atraso”  no pagamento aos empreiteiros dentro das cláusulas  previstas nos contratos subscritos.

A incursão permitiu ao governante avaliar os passos dados na requalificação do  antigo jardim, junto ao cemitério municipal, no bairro Agostinho Neto. Passou pelo parque infantil, no bairro Sassamba e, ao baixar orientações, apelou à celeridade dos trabalhos. Na Aldeia Missão, parte periurbana, uma escola do ensino primário projectada para 16 salas, entre outras áreas de serviço, que reatou sete anos  depois de uma paralisação forçada por indisponibilidade de verba, no quadro do programa de investimentos públicos é, hoje, um edifício em fase de conclusão.

 O encarregado de obras da empresa Tchilamuina, Nzuzi Muana Mbasi, garantiu que o empreendimento, que será  entregue  em Julho, criou 58 postos de trabalho.

O director provincial da Educação, Canhinguiquine Perfeito Candondolo, lembrou que a escola da  ex-missão masculina  tinha apenas quatro salas de aula. A  ampliação vai garantir dignidade para cerca de  1400 alunos que estudavam em condições precárias.

O administrador municipal de Saurimo, Neves Romão, disse que a escola vai descongestionar o cenário de enchentes nas salas de aula.


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões