Política

Execução de obras satisfaz deputados

Justino Victorino / Huambo

Jornalista

Os deputados pelo círculo provincial do Huambo mostraram-se, sexta-feira, satisfeitos com o grau de execução física da segunda fase das futuras instalações do Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR), em construção desde 2014, no bairro do Macolocolo, arredores da sede provincial.

13/06/2021  Última atualização 06H55
© Fotografia por: Francisco Lopes | Edições Novembro | Huambo
A satisfação foi manifestada pelo coordenador do Núcleo de Deputados da Assembleia Nacional no Huambo, Armando Capunda, que falava no final de uma visita de constatação, que serviu para avaliar o grau de execução física da obra, apesar das dificuldades financeiras.

O Cefojor do Huambo deve estar à disposição dos profissionais em Abril de 2022, segundo garantias dadas pelo empreiteiro aos deputados.
Armando Capunda considerou que se trata de um projecto bastante ambicioso que está a ser projectado no sentido de trazer aos profissionais da comunicação social uma transformação do ponto de vista das condições necessárias para a sua capacitação.

Disse, ainda, haver um engajamento total da empresa de construção Omatapalo, no cumprimento dos prazos contratuais e na qualidade das obras.
A visita dos deputados pelo círculo provincial foi acompanhada pelo vice-governador do Huambo para as Infra-Estruturas e Serviços Técnicos, Severino Sapalo, que notou haver uma evolução significativa na construção das futuras instalações do Cefojor.

Assegurou que o governo da província tudo está a fazer para que a obra seja concluída e entregue tão breve quanto possível, visando a dinamização do ensino no sector da comunicação social. 


O director das obras de construção, Manassés Safeca, esclareceu que os trabalhos da segunda fase do projecto compreendem o reboque das paredes, pinturas, arruamentos, aplicação de caixilharias e outros serviços.
As obras, iniciadas em 2014, comportam 16 salas de aula, 88 quartos para internamento, auditório, estúdio para radiodifusão, televisão e imprensa, biblioteca e salas de professores.

Após à conclusãoda obra, o Cefojor do Huambo pode   tornar-se no maior do país, além de servir a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral( SADC).


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política