Mundo

Ex-presidente da Côte d'Ivoire tem novo partido político

O ex-presidente da Côte d'Ivoire, Laurent Gbagbo lançou no sábado (16) um novo partido político, rompendo os laços com os que dirigiram o seu antigo partido enquanto esteve anos acusado de crimes de guerra pelo Tribunal Penal Internacional (TPI).

17/10/2021  Última atualização 12H29
© Fotografia por: DR

Gbagbo, de 76 anos, que regressou a casa em Junho depois de ter sido absolvido pelo TPI, anunciou alguns meses depois que formaria um novo partido para evitar batalhas judiciais com o seu ex-aliado Pascal Affi N'Guessan.

O antigo presidente da Côte d'Ivoire foi extraditado em 2011 para Haia, na Holanda, onde está sediado o TPI, e o seu partido, Frente Popular da Côte d'Ivoire, desmembrou-se três anos depois, com uma facção a ser liderada por N'Guessan e outra com o "cunho" da ex-primeira-dama Simone Gbagbo.

Segundo fontes partidárias, o nome proposto para o novo partido de Gbagbo é Partido do Povo Africano - Côte d'Ivoire.

Gbagbo saudou no sábado uma multidão de mais de 1.600 delegados em Abidjan, muitos segurando pequenas bandeiras com a sua imagem. O ex-presidente deve hoje dirigir-se aos seus apoiantes, de acordo com as mesmas fontes.

Laurent Gbagbo foi Presidente da Côte d'Ivoire desde 2000 até à sua prisão, em 2011, depois de ter recusado ceder o poder a Alassane Ouattara, vencedor das eleições presidenciais de 2010.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo