Política

EUA exortam o Rwanda e a RDC a respeitarem o acordo assinado em Luanda

JA Online

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, exortou, esta segunda-feira, o Rwanda e a República Democrática do Congo (RDC) a respeitarem o acordo negociado na Mini-Cimeira de Luanda no mês passado, sob mediação do Presidente angolano João Lourenço.

05/12/2022  Última atualização 23H48
© Fotografia por: DR | Arquivo

Num comunicado, assinado pelo porta-voz do departamento de Estado, Ned Price, salienta-se que o chefe da diplomacia dos Estados Unidos da América, domingo à noite, "deixou claro que todo apoio externo a grupos armados não estatais na RDC deve terminar, incluindo o apoio do Rwanda ao M23".

Antony Blinken "partilhou a sua profunda preocupação com o impacto dos combates nos civis (da RDC), que foram mortos, feridos ou forçados abandonar as suas áreas de residência", acrescentou Ned Price na nota citada pela Lusa.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política