Regiões

Estrada terciária beneficia de obras

Adolfo Mundombe/Huambo

Jornalista

O troço que liga a comuna da Cumbila à sede do município do Londuimbali, na Estrada Nacional 250, será terraplanada, brevemente, numa extensão de vinte e três quilómetros, prevendo-se, também, a construção de pontes e valas de drenagem,no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

24/01/2022  Última atualização 06H05
Objectivo é de facilitar a livre circulação de pessoas e bens © Fotografia por: Santos Pedro| Edições Novembro
Quem o diz é o administrador municipal do Londuimbali, Marco Catchassile, acrescentando que  as obras terão a duração de seis meses.

Segundo o administrador do Londuimbali, a reabilitação da via terciária vai permitir uma melhor ligação entre as localidades da circunscrição, bem como o aumento das trocas comerciais e o escoamento dos produtos agrícolas para as zonas urbanas.

"A intervenção no troço contribuirá para a melhoria das condições de vida da população da região”, apontou Marco Catchassile, que deu a conhecer que há vários projectos em curso para aumentar a oferta de serviços essenciais à população.

A terraplanagem do troço está orçada em 78 milhões de kwanzas, segundo avançou João de Almeida, chefe de secção de Estudos e Planeamento da Administração Municipal do Londuimbali, no acto de consignação da referida obra. 

Automobilistas e moto-taxistas, em declarações à imprensa, manifestaram-se satisfeitos com a reabilitação do troço, sublinhando que poderão circular em segurança e fomentar a troca dos produtos do campo por outros bens de primeira necessidade, uma vez que o município do Londuimbali é potencialmente agrícola, com destaque para produção de milho e feijão.

O município do Londuimbali, situado a 90 quilómetros da sede da província do Huambo, tem inscrito 22 projectos no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM). Estão previstas e em execução a construção de escolas, unidades sanitárias e infra-estruturas rodoviárias, bem como a aquisição de equipamentos, bens e serviços.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões