Mundo

Estados Unidos pedem respeito pela democracia

O secretário de Estado norte-americano pediu ao Presidente da Tunísia respeito “pelos princípios democráticos”, na sequência, segunda-feira, da demissão do Primeiro-Ministro e da suspensão das actividades parlamentares .

28/07/2021  Última atualização 10H25
Antony Blinken telefonou para o Presidente tunisino © Fotografia por: DR
Segundo a CNN, Antony Blinken solicitou, durante um telefonema, a Kais Saied que "mantenha um diálogo aberto com os actores políticos e o povo tunisino”.

Blinken prometeu também apoio à economia do país africano e ao combate à pandemia da Covid-19, um elemento-chave nas manifestações que ocorreram no país e levaram Kais Saied a suspender os trabalhos no Parlamento.

Na segunda-feira, o Presidente tunisino exonerou dois ministros interinos da Defesa e Justiça, Ibrahim Bartaji e Hasna Ben Slimane, respectivamente, horas depois de destituir o Primeiro-Ministro, Hichem Mechichi, e suspender o Parlamento por um período de 30 dias.
As duas pastas, segundo um comunicado da Presidência, vão ser dirigidas por secretários-gerais e responsáveis de assuntos administrativos e financeiros dos respectivos órgãos, "até à designação de um novo Primeiro-Ministro e a formação de outro Executivo”.

Na primeira reunião, depois da dissolução da Assembleia, a mesa do Parlamento considerou as medidas de Saied um "odioso Golpe de Estado", e exortou o Exército e as forças de segurança a "respeitarem o juramento, proteger a Constituição e preservar o Estado e as instituições”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo