Economia

Esperada menor taxa de inflação em dezoito meses

Angola espera registar a menor taxa de inflação em 18 meses, quando o Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) de Abril for divulgado, disse o governador do BNA, ontem, citado pela Reuters, numa declaração em que também anuncia estimativas de um crescimento económico de 2,0 por cento no primeiro trimestre.

07/05/2022  Última atualização 08H15
© Fotografia por: DR

Enquanto as pressões sobre os preços aumentam acentuadamente em todo o mundo, impulsionadas por picos nos preços de alimentos e energia, José de Lima Massano sublinhou, numa conferência online realizada pela agência, que a inflação está em queda  desde o início deste ano, declarando expectativas de a desaceleração da inflação e a tendência de crescimento do PIB perdurarem ao longo do ano.

Angola regista uma inflação de dois dígitos desde meados de 2015, com um máximo que ascenderam a 27 por cento em Março, em base anual.

A fonte lembra que, ao mesmo tempo que analistas alertaram para o aumento dos preços dos alimentos à escala global, enquanto uma preocupação para os consumidores, dada a dependência de Angola de alimentos importados, também apontam para o alívio suscitado pela valorização do kwanza.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia