Cultura

Espectáculo Gospel anima cidade da Gabela em época de Cacimbo

A cidade da Gabela, no município do Amboim, província do Cuanza-Sul, acolheu, sexta-feira, a primeira edição do Show Gospel, alusivo às comemorações dos 62 anos, desde a sua elevação à categoria de cidade, assinalados a 6 de Junho.

09/06/2024  Última atualização 09H39
Público viveu momentos de muita adoração a Deus durante o concerto alusivo à cidade © Fotografia por: DR

Irmão Chico, Irmão Kapacata, Grace Zola e Irmã Palmira foram os nomes sonantes que mostraram as performances em palco, com mensagens que encheram a alma dos presentes, no Largo Doutor António Agostinho Neto, no coração da também conhecida cidade do bago vermelho. O espectáculo teve início às 18h00 e terminou por volta das 22 horas. Para o grande público e as autoridades ligadas ao sector da Cultura, foi um espectáculo muito bem conseguido, superando as expectativas quer da organização, quer dos músicos.

As honras da casa estiveram a cargo do Irmão Chico, músico local, que não deixou os seus créditos em mãos alheias. Foi dono e senhor do palco, ao entoar o tema Madjedje do seu novo disco "Saí lá.

Irmão Kapacata, um dinossauro do estilo Gospel, foi o segundo a subir ao palco, e no meio de uma grande ovação do público, soltou a sua voz inconfundível, tendo puxado do seu vasto reportório as canções "Diga ao povo que marche”, "Yatuzola”, "É preciso orar”, e "A Fé é individual”, tendo sido acompanhado do princípio ao fim pelo público.

No fim da actuação, Irmão Kapacata era um homem feliz, e agradeceu o convite a si endereçado, prometendo actuar na cidade da Gabela e na província do Cuanza-Sul sempre que for convidado.

"É uma alegria para mim actuar na cidade da Gabela, e saio daqui com o sentimento do dever cumprido, por ter correspondido às expectativas dos meus fãs", disse com um largo sorriso nos lábios.

Quando foi anunciada a actuação da Irmã Palmira, o público vibrou, e ela sem perder tempo entrou em cena para cantar "Receberei a Coroa”, uma actuação e mensagem que marcaram os presentes.

De seguida Gace Zola apodera-se do palco e no,meio de assobios e choros, cantou "Oza monene”, "Deus de promessas” e "Me preparo primeiro”, temas que levaram o público ao delírio. Disse que foi uma primeira experiência que gostaria de replicar em outros eventos nos municípios.

Casimiro José | Gabela​

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura