Cultura

Espaço cultural retoma as actividades

Manuel Albano

Jornalista

Uma exposição colectiva de pintura e o lançamento do concurso de poesia “Eu sei escrever, eu sei Declamar”, marcam hoje, a partir das 15h00, a reabertura das actividades culturais e artísticas da Casa da Cultura Njinga Mbandi, no Distrito Urbano do Rangel, em Luanda, encerrada há um ano devido à Covid-19.

10/11/2021  Última atualização 09H55
Casa de Cultura do Rangel reabre hoje as portas ao público © Fotografia por: Eduardo Pedro |Edições Novembro
Em declarações, nesta terça-feira (9) ao Jornal de Angola, o coordenador e curador do projecto, Adão Mussungo, disse que a exposição está inserida nas jornadas comemorativas do 46º aniversário da Independência Nacional, que se assinala, amanhã.

Apesar do acto principal estar agendado para o período da tarde, de acordo com o programa da actividade, a abertura da exposição, que fica patente na sala de exposição até o próximo dia 5 de Dezembro, está marcada para às 10h30.

Segundo Adão Mussungo, participam na exposição quatro jovens artistas plásticos indicados pelo Atelier Mussungo, no âmbito do projecto "Kizua dya Dipanda”.

O também artista plástico disse que na mostra  vão estar patente 11 obras, que simbolizam a data da Independência Nacional. Participam na exposição os pintores Vicson Sebastião, Avelino Miez, Álvaro Dique e o próprio curador da mesma.

"São trabalhos artísticos que espelham os vários momentos de luta de libertação, conquistas, símbolos da nação, heróis nacionais desde a Rainha Njinga Mbandi e as três grandes figuras dos principais movimentos de libertação de Angola”.

 
Criatividade

Para repor a dinâmica no regresso às actividades, durante os próximos meses, Patrícia Faria, directora do espaço, garantiu  que ainda hoje, estão a ser criadas todas as condições para o arranque da primeira eliminatória do concurso de poesia "Eu sei escrever, eu sei declamar”.

Para tal, explicou, estão ainda abertas as inscrições de avaliação dos concorrentes para a primeira eliminatória de amanhã. A segunda etapa vai até Janeiro de 2022, para fazer coincidir com as comemorações do 25 de Janeiro, Dia da Cidade de Luanda.

Segundo Patrícia Faria, até ontem estavam inscritos mais de 30 concorrentes das mais variadas faixas etárias..

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura