Mundo

Erdogan diz que sanções a Cuba prejudicaram relações comerciais

JA Online

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, sustentou hoje num encontro com o seu homólogo cubano, Miguel Díaz-Canel, que as relações comerciais entre os respectivos países foram prejudicadas pelas sanções internacionais impostas à ilha caribenha.

23/11/2022  Última atualização 23H43
© Fotografia por: DR | Arquivo

"Compraz-nos ver que temos uma vontade forte e mútua de fortalecer a nossa cooperação. É óbvio que as sanções unilaterais impostas a Cuba durante anos fizeram com que as nossas relações estejam abaixo do seu verdadeiro potencial", declarou o chefe de Estado turco, depois de receber Díaz-Canel em Ancara.

Na sua conta oficial da rede social Twitter, Erdogan classificou a visita do Presidente cubano como "histórica" e afirmou que esta constituirá "um novo ponto de viragem" nas relações entre a Turquia e Cuba, especialmente destinadas a reforçar o comércio entre os dois países.

Assim, Erdogan e Díaz-Canel acordaram trabalhar para aumentar o volume comercial bilateral para 200 milhões de dólares em diversos sectores, como o energético, a construção civil, o turismo e a agricultura, noticiou a agência Anatolia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo